Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

En Español


Dia Mundial do Livro - Apresentação de Lucerna

Domingo, 22.04.12

Difícil ter de explicar um nascimento, seja de um ser humano ou seja, como neste caso, o de uma revista literária e eletrónica. Os nascimentos acontecem e as vidas desenvolvem-se sem necessidade de notas introdutórias, como muito se comenta o porquê do nome escolhido para a criatura e se lhe deseja que tenha uma boa e longa vida. Façamos o mesmo aqui, que tal parece ser coisa sensata.

Lucerna, dizem os dicionários, é “uma janela alta que serve para ventilar e dar luz a um quarto”. É também sinónimo de claraboia, palavra escolhida por José Saramago no começo da sua vida literária para intitular um romance e para, talvez, concretizar uma declaração de intenções daquilo que queria que fosse o seu trabalho de escritor: olhar através de uma janela discreta o que se passa no mundo ou nas almas, observar com atenção ativa e respeitosa, contar o que tinha visto, refletir sobre os movimentos que são o viver. É o que se pretende modestamente com Lucerna.

Desde a origem da Fundação José Saramago que se viu a necessidade de uma revista que recolhesse textos e indicações dos seus colaboradores literários, que são muitos no mundo, vinculados tanto a universidades como às diferentes literaturas nacionais. Em alguns casos serão ensaios sobre a obra de José Saramago, embora Lucerna não nasça para o estudo da obra do Patrono da Fundação, mas para indagar sobre o que se está fazendo e para recuperar autores e livros-chave que não devemos nunca perder de vista porque são património de todos. Também em Lucerna, que terá uma periodicidade mensal, se procurará estimular a leitura nos diversos suportes já que, assumindo o lado bem-humorado de José Saramago, “Ler faz bem à saúde”.

 

A revista da Fundação será eletrónica e gratuita e a ela se poderá aceder através de vários meios: na App Store da Apple ou na página da Fundação, em www.josesaramago.org. Os seus conteúdos encontram-se ao abrigo de uma licença Creative Commons. Isto é, são de livre acesso e utilização. A redação conta com o trabalho de Andreia Brites e Sara Figueiredo Costa. O design gráfico é de Sérgio Machado Letria. Arranca com três secções, que irão aumentando segundo a vida nos vá trazendo novos dados, conhecimento, experiência. Como sucede com os seres humanos.

Lucerna nasce num Dia do Livro porque são estes objetos-sujeitos a matéria do seu trabalho. Livros com pessoas dentro, pessoas que os lerão e que encontrarão um outro espaço de comunicação nesta página infinita que a rede oferece. Aos possíveis leitores de Lucerna, uma saudação. Aos colaboradores deste número e aos que já a esperam, toda a gratidão. Já nascemos, resta agora o mais difícil e mais belo: construir a vida em companhia. Vamos a isso.

 

Andreia Brites
Nasceu em Lisboa em 1977. É licenciada em Línguas e Literaturas Modernas pela FCSH – Universidade Nova de Lisboa e tem um mestrado em Teoria da Literatura pela mesma faculdade. Concebe e realiza acções de promoção da leitura para adolescentes, professores e pais em Bibliotecas Municipais e Escolas. Mantém o blogue O Bicho dos Livros, sobre promoção da leitura e livros infantis e juvenis.

Sara Figueiredo Costa

Sara Figueiredo Costa nasceu em Lisboa, em 1978. Jornalista freelancer, colabora com diversas publicações na área da crítica literária e do jornalismo cultural (LER, Time Out e Expresso). Mantém, desde 2007, o blogue Cadeirão Voltaire, sobre livros e edição, e desde 2003, o Beco das Imagens, em co-edição, dedicado à banda desenhada e à ilustração.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundação Saramago às 16:40





Em Destaque

Ver todas as notícias

Amigos da Fundação José Saramago


Livraria/Loja da Fundação José Saramago


Sons da Fundação


Ainda

Ver todas as notícias

Blimunda


Serviço educativo



A Fundação
Somos o que diz o papel que José Saramago assinou em Lisboa em 29 de Junho de 2007. Somos a Fundação José Saramago.
Saber mais | E-mail

Pesquisa

Pesquisar no Blog  

A Casa dos Bicos

A Casa dos Bicos, edifício histórico do século XVI situado na Rua dos Bacalhoeiros, em Lisboa, é a sede da Fundação José Saramago.

A Casa dos Bicos pode ser visitada de segunda a sábado, das 10 às 18h (com última entrada às 17h30).
Ler mais


A Casa José Saramago em Lanzarote

A Casa feita de livros pode ser visitada de segunda a sábado, das 10 às 14h30. Também pode percorrê-la virtualmente, aqui.

Receba a nossa newsletter


#saramago no Twitter



Arquivo mensal

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Subscrever por RSS


TripAdvisor

Parceiros institucionais:

Parceiro tecnológico:

Granta