Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

En Español

Fundação José Saramago compra todo o material de "José e Pilar" e entrega-o em depósito à Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema

Terça-feira, 16.07.13

A Fundação José Saramago adquiriu para o seu espólio todo o material de pesquisa e brutos do filme “José e Pilar”. Para garantir as condições adequadas de conservação e permitir o acesso a investigadores, vai entregá-lo à Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema e ficará em depósito no ANIM.

A entrega formal do material com assinatura do respetivo protocolo de cedência será amanhã, dia 17 de julho, pelas 17 horas, na sede da Cinemateca, com a presença da diretora da Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema, Maria João Seixas, do diretor do ANIM, Rui Machado, do realizador Miguel Gonçalves Mendes e dos responsáveis da Fundação José Saramago.

Realizado por Miguel Gonçalves Mendes, “José e Pilar” foi filmado ao longo de quatro anos, entre 2006 e 2010, tendo sido captadas mais de 240 horas de imagens.

Entre o material inédito, estão entrevistas, palestras e conferências, bem como todo o processo de ensaios e estreia do espetáculo de teatro "As Intermitências da Morte" que contou com a participação de José Saramago e do ator Gael Garcia Bernal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundação Saramago às 13:37

3 anos depois da morte de José Saramago

Segunda-feira, 17.06.13

A voz de José Saramago será ouvida no dia 18 de junho em dezenas de cinceclubes, bibliotecas e associações de todo o país, que desta forma se juntam para celebrar a vida e a obra do Escritor, através da projecção de José e Pilar.

Na Fundação que leva o seu nome, será exibida a versão de cinco horas do filme de Miguel Gonçalves Mendes. A sessão terá início às 12h30 e contará com a presença do realizador.

Em Lanzarote, na Biblioteca do Escritor, no espaço onde escreveu os seus últimos livros, o violoncelista Damián Martínez Marco interpretará a Suite N.º 6 de Bach, peça que José Saramago cita no seu romance As Intermitências da Morte.

A entrada é livre, sujeita à lotação da sala.

TVI

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundação Saramago às 16:25

"José e Pilar" inaugura amanhã tardes de cinema na Fundação José Saramago

Quarta-feira, 13.02.13

A partir de amanhã, os visitantes da Casa dos Bicos passam a contar com cinema na Fundação, sempre com filmes relacionados com José Saramago e sempre às quintas-feiras (15h30). Na primeira sessão, será exibido o documentário "José & Pilar" de Miguel Gonçalves Mendes, de 2010.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundação Saramago às 10:57

"José e Pilar" em Londres

Quinta-feira, 06.12.12

Em comemoração dos 90 Anos de José Saramago, o filme José e Pilar é exibido amanhã, dia 7 de dezembro, em Londres, integrando o programa do 3.º Festival de Cinema Português no Reino Unido.

A sessão terá lugar no Cine Lumière (Institut Français) pelas 18.20 e à projecção do filme segue-se uma conversa entre Pilar del Río e Maya Jaggi, jornalista do Guardian e responsável por mais de uma dezenas de entrevistas e artigos sobre do Prémio Nobel de Literatura, entre os quais José Saramago.

Página do Festival
O Festival no Facebook

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundação Saramago às 12:55

Crítica a "Conversas Inéditas" no Brasil

Sábado, 25.08.12

"José e Pilar": do filme ao livro

Por Amir Labaki | De São Paulo, no Valor

"José e Pilar", de Miguel Gonçalves Mendes, está de volta, e agora sob a forma de livro, bem a tempo de abrir por aqui a celebração, em 16 de novembro, do 90º aniversário de nascimento de José Saramago (1922-2010). Com o subtítulo "Conversas Inéditas" (Companhia das Letras, 197 págs., R$ 34,50), a obra retoma entrevistas realizadas durante os quatro anos de produção do tocante documentário homônimo, lançado em salas há dois anos e disponível em DVD.

 

O livro é como um outro documentário, editado a partir de outra lógica, a lógica ditada pelo texto escrito, ou melhor, pela fala oral tornada texto escrito, mas não menos um documentário do que a primeira versão que nos maravilhou na grande tela.

Uma distinção estrutural se impõe. No filme, Saramago e Pilar del Río, sua inseparável mulher e tradutora, são retratados quase exclusivamente em momentos a dois, no cotidiano da casa na Ilha de Lanzarote e em viagens pelo mundo. O livro, por sua vez, alterna depoimentos separados, em capítulos que formam pares temáticos, precedidos por um prólogo de cinco breves capítulos organizados em torno de sonhos de Saramago.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundação Saramago às 11:19

O Evangelho de José e Pilar

Terça-feira, 14.08.12

“Percebi que tínhamos nos tornado amigos quando o José começou a me zoar, a falar das minhas calças rasgadas, a brincar comigo”, conta o cineasta português Miguel Gonçalves Mendes, 33 anos. O José a quem ele se refere é Saramago (1922-2010) e a amizade em questão despontou durante a produção de José & Pilar, documentário que retrata a vida do escritor lusitano e de sua esposa, a espanhola Pilar del Río. Foram, na verdade, quatro anos de convivência, originando não somente o filme, como também o livro José e Pilar: conversas inéditas. Lançada em Portugal em novembro do ano passado, a publicação chega ao Brasil neste mês, trazendo entrevistas com o casal feitas por Miguel, que não couberam na película. “Eu tinha todo esse material, que achava magnífico e não ia ser usado. A opção foi o livro. Você sabe que ninguém fica rico publicando um livro desses, né?”, brinca. “Bom, não fica rico fazendo documentário também”, completa entre risos.

Mas, se no filme o cineasta é invisível, no livro, ele aparece bastante. Confessa seus medos e inseguranças, recebe afagos (quase sempre do português), puxões de orelha (geralmente da espanhola) e pede conselhos. “Sim, estou bem exposto. Mas não vejo problema. Nunca tentei parecer inteligente”, ressalta. Miguel conta que entrevistar José e Pilar separadamente, em sessões de três horas cada um, foi uma maneira de entrar pouco a pouco na intimidade do casal. Conseguiu que eles se abrissem e se aproximou deles também. No livro, as conversas giram em torno de vários temas, como a militância política, o ofício de escrever, o amor e a morte – e têm uma aura de bate-papo entre amigos. Outro ponto positivo é que permite aos leitores conhecer Pilar mais a fundo, uma mulher, como descreve Valter Hugo Mãe no prefácio do livro, “de opiniões rotundas e sensibilidade austera” e de uma inteligência “quase assustadora”.

Do inalcançável

O encontro inicial que viria a resultar em documentário e livro foi uma espécie de romance. Não faz muito tempo, Miguel precisava enfrentar filas para ter um autógrafo de Saramago. Até que um dia conseguiu o telefone da casa do Nobel. Ligou e quem atendeu foi o próprio. Explicou que estava fazendo um filme sobre a Galícia e disse que gostaria de sua participação lendo um trecho do Memorial do convento. “Venha, homem”, foi a resposta. Anos depois, entrou em contato novamente. Dessa vez, pretendia fazer um documentário sobre o escritor. Pretendia, também, mudar a imagem que se tinha de Saramago. “De alguma forma, queria que Portugal se pacificasse com ele, porque não acreditava que um homem que escrevia aqueles livros era a figura que pintavam. Ele tinha um grande sentido de humor, era maravilhoso, e acho que poucas pessoas sabiam disso.”

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundação Saramago às 17:44





Em Destaque

Ver todas as notícias

Amigos da Fundação José Saramago


Livraria/Loja da Fundação José Saramago


Sons da Fundação


Ainda

Ver todas as notícias

Blimunda


Serviço educativo



A Fundação
Somos o que diz o papel que José Saramago assinou em Lisboa em 29 de Junho de 2007. Somos a Fundação José Saramago.
Saber mais | E-mail

Pesquisa

Pesquisar no Blog  

A Casa dos Bicos

A Casa dos Bicos, edifício histórico do século XVI situado na Rua dos Bacalhoeiros, em Lisboa, é a sede da Fundação José Saramago.

A Casa dos Bicos pode ser visitada de segunda a sábado, das 10 às 18h (com última entrada às 17h30).
Ler mais


A Casa José Saramago em Lanzarote

A Casa feita de livros pode ser visitada de segunda a sábado, das 10 às 14h30. Também pode percorrê-la virtualmente, aqui.

Receba a nossa newsletter


#saramago no Twitter



Arquivo mensal

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


TripAdvisor

Parceiros institucionais:

Parceiro tecnológico:

Granta